Histórias infantis

A não escolha do Sr. Coelho. Um conto sobre inveja e ciúme


o ciúme e inveja São emoções que muitas vezes não podem ser evitadas e que se manifestam igualmente em adultos e crianças. Para que o pequeno os compreenda, os compreenda e, sobretudo, para os poder trabalhar com ele, porque não dar-lhe um exemplo muito gráfico através da história de um história curta?

Sr. Coelho não tem escolha conta a história de um coelho muito sábio que sabe que viver em um ambiente onde a competitividade prevalece só leva a gerar mais ciúme e inveja e, também, muita frustração. Quer saber sua história? Descubra como esta simpática personagem lida com emoções tão negativas e tão frequentes em crianças a partir dos 3 anos de idade.

Ele coelho fazendeiro Acabou de se mudar. Com os ossos doloridos de anos de trabalho, desenterrando as melhores cenouras da região, ele sabia que chegara a hora de um longo e merecido descanso.

Seguindo o conselho do Dr. Lion, ele havia procurado uma pequena cidade ensolarada ao sul da Ilha Grande. Agora, essa seria sua nova casa, onde poderia começar do zero em uma nova toca.

Ele sempre ouvira dizer que os sulistas eram muito calorosos e amigáveis. E o Sr. Coelho não tinha nenhum medo de fazer novos amigos. Ao chegar, foi saudado pelo prefeito Horse, que explicou algumas regras de convivência.

Ao se aproximar de sua nova casa, ele descobriu alguns cupcakes da Sra. Goose com um convite para sua casa para apresentá-la a sua família. E quando ele estava prestes a desempacotar a primeira das caixas, ele teve que atender o Sr. Aranha, que estava tentando inscrevê-lo em seu clube do livro.

Ele Senhor coelho Ele ficou muito feliz com tanto entretenimento e boa recepção, mas logo as coisas começaram a dar errado. O pobre coelho percebeu como seus novos vizinhos se zangavam e brigavam entre si, porque todos queriam ser os primeiros a conquistar sua amizade.

Sua pequena caixa de correio recebia dezenas de cartões de negócios e convites e a cada passo que tentava dar na cidade era parado por um cidadão para se convencer de algo.

A harmonia na aldeia estava chegando ao fim. A inveja começou a surgir e todos mentiram uns para os outros. A suspeita e o ciúme reinavam em cada esquina. A competição estava prestes a iniciar uma guerra real.

Foi assim que, uma manhã, o Senhor coelho Ele se trancou em casa por quase dois dias e não parava de cozinhar pratos diferentes. No terceiro dia ele finalmente saiu de sua toca e improvisou um grande banquete na praça da cidade para todos os seus vizinhos, a fim de mostrar seu carinho por todos sem mostrar, em qualquer caso, suas preferências.

E o Sr. Coelho sabia muito bem que a competição para ser sempre o primeiro pode criar frustração e fazer aparecer os fantasmas da inveja e do ciúme.

Você pode ler mais artigos semelhantes a A não escolha do Sr. Coelho. Um conto sobre inveja e ciúme, na categoria Contos infantis no site.


Vídeo: Judith Viorst - Perdas Necessárias capítulo VI - Quando vai levar o bebê de volta para o hospital? (Setembro 2021).