Valores

Os 4 passos para tornar as crianças mais felizes


Se você perguntar a qualquer pai ou mãe o que eles querem para seus filhos, a grande maioria responderá que, no final das contas, a única coisa que eles querem é fazer seus filhos felizes. Parece um objetivo um tanto abstrato, então gosto de imaginá-lo como uma escada a ser escalada e que, no final, no topo, está a felicidade. Nesse caso, devemos acompanhar nossos filhos em cada um de seus passos para finalmente alcançar esse crianças sejam mais felizes.

Fico feliz em saber que o objetivo final dos pais é alcançar esse seus filhos sejam mais felizes. E é isso, na maioria dos casos, é o que todos nós buscamos. Conforme definido no dicionário da Real Academia Espanhola, felicidade é um "estado de espírito que se alegra de possuir um bem".

Do meu ponto de vista, existem quatro etapas que devemos dar até que tenhamos filhos felizes ou um estado adequado de felicidade. Certamente existem outros fatores, mas gostaria de me concentrar no seguinte.

Muitas vezes me pergunto se, de fato, a felicidade estaria no final da escada, quantos degraus ela teria. A verdade é que não tenho ideia de quantos passos ele tem, mas estou convencido de que os 4 primeiros seriam estes:

1. Aceitação e adaptação
O número um é aceitação e adaptação. Aceitar as circunstâncias e adaptar-se a elas é, além de símbolo de inteligência, uma atitude brilhante para iniciar os passos da felicidade. Cada criança feliz é adaptada e aceita em seu momento, circunstâncias e contexto.

2. Responsabilidade e autonomia
O número dois: responsabilidade e autonomia. O fato de se encarregar de suas coisas e fazê-lo com autonomia, são peças fundamentais que aumentam a autoestima e geram situações agradáveis ​​para cada criança.

3. Autoconfiança
O número três é se concentrar em metas com autoconfiança. Confiar em si mesmo é simplesmente conhecer e conhecer os recursos de que você dispõe para lidar com situações ou problemas. O fato de saber te faz ter confiança em si mesmo, requisito essencial para a vida presente e futura da criança.

4. Auto-imagem
O número quatro é ter uma imagem positiva e ajustada de si mesmo. Um pensamento profundo sobre quem você é e que imagem você tem em seu ambiente é um ótimo ponto de partida para um desenvolvimento equilibrado da criança. E uma visão positiva de si mesmo sempre lhe dá um ponto extra na solução dos problemas do dia-a-dia.

Para trabalhar a visão positiva, é muito importante que os pais mudem a maneira como nos comunicamos com seus filhos. Devemos evitar rótulos, eliminar a linguagem negativa, mudar o “eu quero” para que fiquem imbuídos daquela comunicação positiva que com o passar dos anos só pode trazer benefícios.

Jamais podemos esquecer que esses são os 4 primeiros passos para a felicidade, nosso principal desejo como pais de nossos filhos. Porém, devemos ter em mente que a felicidade é um objetivo ambíguo e, portanto, é sobre educá-los que esta é a consequência de vá alcançando pequenos objetivos ou passos até atingir um alto estado de felicidade ou bem-estar.

Como nota final, gostaria de enfatizar que você não deve confundir felicidade com sucesso. Ambas as palavras são um pouco ambíguas, mas não devem ser interpretadas como consequência uma da outra. As crianças devem ser ensinadas que você pode ter sucesso sem felicidade e vice-versa.

E você, já deixou seus filhos mais felizes? Você está trabalhando nessas 4 etapas?

Você pode ler mais artigos semelhantes a Os 4 passos para tornar as crianças mais felizes, na categoria de Títulos On-site.


Vídeo: Magistratura: 5 Passos para transformar o sonho em realidade (Outubro 2021).